Oscar 2022 – Curiosidades sobre a premiação

Oscar (em inglês, The Academy Awards ou The Oscars) é a mais famosa premiação de cinema no mundo. Foi criado em 1927 e teve sua primeira cerimônia oficial em 1929, na cidade de Los Angeles. É a premiação de cinema mais antiga em vigor. Atualmente, é um evento extremamente reconhecido e o mais importante de todo o cinema mundial.

Oscar 2022 – A lenda do nome

Reza a lenda que o prêmio foi batizado Oscar depois que a bibliotecária da Academia, Margaret Herrick, que mais tarde se tornou diretora executiva, teria dito, ao ver o troféu pela primeira vez, que a estatueta se parecia com seu tio Oscar.

Outra teoria dava crédito à estrela Hollywood, Bette Davis, que disse que a estatueta lembrava seu primeiro marido, o músico Harmon Oscar Nelson Jr., mas depois ele mesma negou a declaração.

Oscar 2022 – O peso da estatueta

A estatueta do Oscar é feita de bronze sólido embebido em ouro de 24 quilates. Mede 34 cm e pesa 3,8 quilos. A Polich Tallix Fine Art Foundry, em Nova York, leva três meses para fazer o lote de 50 estatuetas. Mais de 3.140 troféus foram entregues desde 1929.

Oscar 2022 - Curiosidades sobre a premiação
Oscar 2022 – Curiosidades sobre a premiação

Oscar 2022 – A maior indicada até hoje

Meryl Streep tem o maior número de indicações nas categorias de atuação, com 21. Ela e Jack Nicholson, o homem mais indicado com 12, têm duas estatuetas na categoria de melhor ator/atriz e uma de melhor coadjuvante.

O executivo com mais reconhecimentos no Oscar é Walt Disney, que ganhou 22 e recebeu quatro honorários.

Oscar 2022 – O mais jovem e o mais velho e recebê-la

A pessoa mais jovem a receber um Oscar foi Shirley Temple, que tinha apenas seis anos quando foi premiada em 1935, embora fosse um prêmio honorário para as crianças.

A mais jovem a ganhar um prêmio competitivo foi Tatum O’Neal, que tinha 10 anos quando levou o Oscar de melhor atriz coadjuvante por seu trabalho em “Lua de papel” em 1974.

O vencedor mais idoso é Christopher Plummer, que aos 82 anos ganhou seu primeiro Oscar como ator coadjuvante em 2012 por “Toda forma de amor”.

Fonte: Exame

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.