Pantanal 2022- Curiosidades sobre o remake da Globo

Pantanal 2022 na TV Globo estréia segunda (28) com adaptação de Bruno Luperi, neto do autor da história original, e se engana quem pensa que o remake seguirá passo a passo o que foi exibido pela TV Manchete 30 anos atrás. O folhetim Pantanal 2022 pode surpreender pois ganhará uma nova roupagem, tramas atualizadas para os dias de hoje e alguns personagens abordados de forma diferente.

Originalmente, Pantanal foi exibida pela Rede Manchete de 27 de março a 11 de dezembro de 1990 em 216 capítulos. A obra foi eEscrita por Benedito Ruy Barbosa, com direção de Carlos Magalhães, Roberto Naar e Marcelo de Barreto, além da direção geral de Jayme Monjardim.

Em 2016, a revista Veja elegeu Pantanal a quarta melhor novela da televisão brasileira, atrás de Roque Santeiro (1985–86), na terceira posição, e de Vale Tudo (1988–89) e Avenida Brasil (2012), empatadas em primeiro lugar. Pantanal teve atuações de Cristiana Oliveira, Marcos Winter, Paulo Gorgulho, Cláudio Marzo, Jussara Freire, Marcos Palmeira, Ittala Nandi e José de Abreu nos papéis principais.

Pantanal 2022- Curiosidades

Pantanal 2022- Curiosidades sobre o remake da Globo
Pantanal 2022- Curiosidades sobre o remake da Globo

A novela não terá cidade cenográfica. As externas foram feitas no Mato Grosso do Sul. Nos Estúdios Globo, foram reproduzidas apenas as casas de personagens e outros cenários internos. É garantia de paisagens reais.

Foram escolhidas seis fazendas no Mato Grosso do Sul para servir como hospedagem, locação e para estocagem do material de produção.

Doze caminhões fizeram o transporte de material de Pantanal 2022 como roupas, câmeras, iluminação, cenários. Estima-se que eram transportadas 144 toneladas para cima e para baixo.

A ida do elenco até o local de gravação era repleta de baldeações. Avião do Rio de Janeiro até Campo Grande, carro até Aquidauana, a cerca de 140km da capital sul-mato-grossense e de lá outra viagem até as fazendas, o que dava mais quatro horas de estrada.

O grande xodó na região foi a casa de Almir Sater. O cantor, que participou da novela original e está de volta com um novo personagem, fazia feijoada e rodas de viola. Sua propriedade foi comprada 30 anos atrás, justamente quando as gravações da primeira versão terminaram.

Almir Sater, que fez o peão violeiro Trindade e agora é o chanaleiro Eugênio, não é o único presente nas duas versões. Marcos Palmeira e Enrique Diaz também estiveram na trama original e integram o elenco do remake.

Logo que Pantanal 2022 foi anunciado, iniciou-se uma corrida nos bastidores para definir quem seria Juma Marruá (protagonista da história que foi vivida por Cristiana Oliveira nos anos 90). Após muita especulação, Alanis Guillen foi confirmada no papel.

Juliana Paes foi convidada para fazer Maria Marruá, mãe de Juma e que passou para a filha o “dom” de virar onça. A atriz disse “sim”, pois adorava a novela e tem na lembrança a família reunida assistindo.

Juliana Paes também passou por um processo de envelhecimento, com rugas evidenciadas e maquiagem que simulando manchas do sol.

Atores da primeira fase fizeram estratégias diferentes para orientar os colegas da segunda. Malu Rodrigues preparou um diário para Camila Morgado, e elas se falam até hoje.

Para Dira Paes viver Filó, foi encomendado um tear específico utilizado na região, com dimensões maiores. A atriz teve aulas com moradores locais e conta não ter sido fácil.

Gabriel Sater, filho de Almir, herdou o papel de Trindade (e o dom para a música) do pai. Chico Teixeira (que faz o peão Quim), outro violeiro e filho de Renato Teixeira, também está no elenco.

A música de abertura de Pantanal 2022, de Marcus Viana, é a mesma da novela original. Mas, para atualizá-la, optou-se por uma releitura com Almir Sater e Maria Bethânia.

A novela estreia com cerca de 60 capítulos finalizados. O elenco já teve acesso aos roteiros até o capítulo 150.

Fonte: Extra

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.