Parkinson precoce: Renata Capucci revela diagnóstico aos 45 anos

A jornalista do “Fantástico”, programa da TV Globo, Renata Capucci revelou por meio de uma postagem nas redes sociais e uma entrevista ao podcast do “Isso é Fantástico” ter sido diagnosticada com a doença de Parkinson em 2018.

Parkinson Precoce

Na época, a repórter tinha apenas 45 anos, idade considerada incomum para o surgimento de sintomas do quadro, tratando-se de um caso precoce da doença. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), de 10% a 15% dos pacientes têm menos de 50 anos – percentual que chega a ser de apenas 4% de acordo com a Fundação do Parkinson, nos Estados Unidos.

Ela realmente é tida como uma doença do idoso, por ser associada ao envelhecimento. Mas temos percebido que cada vez mais aparecem pessoas mais jovens nos consultórios, abaixo de 50 anos. Pode ser que, por fatores ambientais, esses pacientes estejam manifestando a doença um pouco mais cedo. Mas pode ser também por um maior conhecimento a respeito da doença, o que leva as pessoas a perceberem os sintomas de forma precoce e procurar o médico — explica a neurologista Roberta Saba, coordenadora do departamento científico de transtornos do movimento da Academia Brasileira de Neurologia (ABN).

Parkinson: Sintomas da Renata Capucci

De acordo com a entrevista ao podcast do “Fantástico”, a jornalista da TV Globo começou a perceber os sintomas ligados à locomoção e movimentos involuntários de partes do corpo no período em que participou do programa da emissora Popstar.

Eu comecei a mancar e as pessoas falavam para mim: ‘Por que você está mancando, Renata?’. E eu falava: ‘Eu não estou mancando’. Eu não percebia que eu estava mancando. Aí fui fazer fisioterapia, osteopatia e a coisa não mudou. E aí em um dado momento, no meio do Popstar, depois do sexto programa, eu estava em casa e o meu braço subiu sozinho, enrijecido. E o meu marido que é médico, logo depois do programa, me levou para um hospital que tinha emergência neurológica e eu fui diagnosticada com Parkinson. Aquilo caiu como uma bigorna em cima da minha cabeça — contou Renata.

Confira os principais sinais

Os tremores são os sinais mais claros do Parkinson mas existem outros sinais que devem levar o paciente a investigar melhor o que está acontecendo. Abaixo listamos alguns dos principais sintomas:

  • Rigidez e falta de equilíbrio
  • Depressão e nervosismo
  • Tremores
  • Prisão de ventre
  • Disfunção erétil
  • Incontinência urinária
  • Pressão baixa
  • Distúrbios do sono
  • Modificações na postura
  • Pouca expressão facial
  • Escrita tremida e letras pequenas

Ao perceber um ou mais sintomas a melhor opção é procurar seu médico de confiança.

Fonte: OGlobo

Leia também: Parkinson: entenda a doença, os sintomas e tratamento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.