Renault Kwid E-Tech – Elétrico faz sucesso e esgota na pré-venda

O Renault Kwid E-Tech é uma grande aposta da montadora francesa para o mercado brasileiro. A pré-venda foi aberta e o primeiro lote de apenas 750 unidades já foi totalmente reservado. O primeiro lote tem entrega prevista para o final de 2022.

Renault Kwid E-Tech
Renault Kwid E-Tech

O segundo lote já está disponível para os interessados desde a terça-feira (14), mediante adiantamento de R$ 999,00 nas concessionárias, no e-commerce e pelo Renault on-Demand, o serviço por assinatura da montadora

O preço do modelo já sofreu reajuste antes mesmo de chegar aos clientes, já que o primeiro lote foi oferecido por R$ 142.990,00 e o segunda passou para R$ 146.990,00.

Bruno Hohmann, vice-presidente comercial da Renault do Brasil, explica o sucesso do primeiro lote do Renault Kwid E-Tech: “Vimos uma forte demanda do cliente pessoa física na pré-venda do Kwid E-Tech, atraído pela autonomia de 298 km, pela facilidade de carregamento, e também pelo custo por km rodado, oito vezes mais econômico que um veículo térmico equivalente. Outra curiosidade é a grande procura do modelo fora dos grandes centros urbanos, com clientes espalhados por todo o país”, afirma o executivo.

Bateria e autonimia do Renault Kwid E-Tech

Renault Kwid E-Tech
Renault Kwid E-Tech

O Renault Kwid E-Tech usa motor elétrico de 65 cv, o equivalente a 48 kW de potência, com autonomia de até 298km em ciclo rodoviário e 265km em ciclo urbano. Sua bateria é de 27 kWh e pode ser carregada em tomada comum de três pinos usando voltagem 220V ou então nos postos de carregamento. Na tomada de 3 pinos de casa, ele vai de 15 a 80% em aproximadamente 9 horas, enquanto ao ser caregado com um wallbox de 7,4 kW, o tempo cai para aproximadamente 3 horas e com carga de 30kW, apenas 40 minutos.

O preço alto do modelo é equivalente a 2 Kwid a combustão, mas a recompensa vem em forma de baixíssimo custo de rodagem. A montadora afirma que o Renault Kwid E-Tech gasta apenas R$ 0,06 a cada kilômetro rodado, frente aos R$ 0,48 do irmão a combustão. 

Leia também – Tanque na reserva: quantos litros ainda restam quando a luz acende?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.