Tanque na reserva: quantos litros ainda restam quando a luz acende?

Rodar com o tanque na reserva é algo bem comum em tempos de gasolina a “preço de ouro”. Vamos entender quanto ainda é possível rodar com o carros na reserva, para evitar a famosa pane seca.

Tanque na reserva: quantos litros ainda restam quando a luz acende?
Tanque na reserva: quantos litros ainda restam quando a luz acende?

A verdade é que não existe resposta exata para essa pergunta, cuja falta de cuidado pode fazer você ganhar alguns pontos na CNH por causa da pane seca. Via de regra, quanto maior for a veículo, maior será o tanque de gasolina e consequentemente maior será a litragem de reserva. Um sedã grande ou SUV terá um tanque maior do que um hatch com motor 1.0 e o volume da reserva normalmente oscila entre 5 e 10 litros dependendo do modelo.

A falta de cuidado com esse detalhe importante pode trazer dor de cabeça aos motoristas incautos, já que depois do tanque na reserva vem a pane seca. O artigo 180 do CBT prevê multa para veículos que “colocarem em risco a segurança do trânsito ou interromperem o fluxo dos demais” com direito a 4 pontos por infração média e multa de R$ 130,16 (junho/2022).

 Além disso, a infração rende quatro pontos na carteira de habilitação, por ser considerada uma infração média. O carro também precisará ser removido do local por meio de um guincho, com as custas de remoção e estadia no pátio do Detran por conta do proprietário.

Tanque na reserva: quantos litros ainda restam quando a luz acende?
Tanque na reserva: quantos litros ainda restam quando a luz acende?

Especialistas falam sobre o tanque na reserva

Além do risco de autuação por infração de trânsito, problemas mecânicos podem aparecer. Douglas Quirino é dono de um Centro Automotivo na cidade de São Paulo, que faz manutenção preventiva e corretiva na frota de viaturas da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. Ele explica que com o tanque na reserva, a sujeira acumulada no fundo do tanque pode entupir os bicos da injeção eletrônica. Outro problema corriqueiro nesse casos é a queima da bomba de combustível.

Em nota, a GM é clara: “A GM orienta ao motorista a evitar deixar o nível de combustível do veículo muito baixo. Caso a luz de alerta do marcador se acenda, deve-se abastecer o carro o mais breve possível. A autonomia em situações como esta pode variar conforme o tipo de veículo, a sua utilização, o tipo de combustível, além das condições da via, do clima e do trânsito”.

Leia também: Renault Kwid Ehttps://g4curiosidades.com.br/curiosidades/renault-kwid-e-tech-eletrico-faz-sucesso-e-esgota-na-pre-venda/1200/-Tech – Elétrico faz sucesso e esgota na pré-venda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.